RSS

Category Archives: Cabelo/Hair (tratamento/treatment)

Testemunho Natural – Mwana Afrika (Update)

Por vezes nas nossas jornadas naturais acontecem mudanças ou descobertas significantes. Aqui vai o update da nossa Mwana Afrika:Image

1) Há quanto tempo estás natural, quando foi o teu BC, ou durante quanto tempo transicionaste?
Natural há muito tempo. Lembro que o primeiro Bc foi feito pela Luziela em 2011. O segundo BC fiz o ano passado. Um ano natural e estou amando.

2) Como descreverias a textura do teu cabelo?
4C

3) Quais são os produtos que usas na manutenção do teu cabelo?
Uso muita água. Sim, muita água mesmo. Depois da água, que é o elemento chave é que seguem-se os óleos como: o óleo mumpeke,o óleo de coco, o aceite extra virgem. Uso também a manteiga de carité. Shampoo e condicionador de várias linhas, mas sempre SEM SAL.

4) Quais são os teus penteados favoritos?
Já usei de tudo. Quando o cabelo estava mais curto fazia twist, twist out, carapitos ….Hoje uso muita trança de linha coloridas. Para quem me conhece acha que é já uma marca minha. Faço outros penteados “sem nome”, cabelo solto ou com liberdade de expressão por exemplo lol.

 

5) Qual é a tua rotina de manutencção do cabelo?
Tratamento faço todos os sábados. Agora…molhar ele, faço em todos os banhos.

6) Quais são os teus objectivos para o cabelo?
Deixar ele o mais Afro possível (…)

7) Como mantens o cabelo intacto durante a noite?
Depois de fazer uns twist, boto um lenço de lã, geralmente.

8) Da uma razão pela qual usas e adoras o cabelo natural.
Sinto-me original quando tenho o meu cabelo natural. Procuro fazer diferença e fazer diferente.

Para muitos, manter um visual, mais parecido com a nossa identidade, a nossa cultura, nunca é estético.

Entristeço-me sempre que reparo até onde vão os estereótipos de beleza. Desde que livrei-me a droga cremosa, o famoso relaxamento e livrei-me do extensões, procuro mostrar mais o meu EU.

 Image

 

Tecnica para cortar as pontas do cabelo

 

Óleo mineral ou óleo de coco para o cabelo?

por Jessica Mousseau via Naturallycurly.com

De todos os segredos do cabelo crespo, a aplicação de óleo tem que ser o mais experimentado e verdadeiro. E, de todos os óleos, os minerais e o óleo de coco puseram a comunidade de cabelos encaracolados a discutir durante anos!

Se você ainda não pegou a febre da diminuição do “frizz” e de desembaraçar que vem com o óleo natural, então não só você está perdendo, mas você também tem uma escolha difícil de fazer!

Naturalmente, por simplesmente saber os benefícios da utilização do óleo mineral e o óleo de coco para o cuidado do cabelo e que tratamento de cabelo que você está procurando, você pode facilmente determinar qual óleo e melhor para o seu cabelo. Então, leia e experimente. Nós prometemos, você não vai se arrepender!

Os óleos naturais são seguros para o cabelo?

Primeiro, temos de tocar este tema: os óleos naturais são boms para o cabelo?
A verdade é que os cientistas têm continuamente pesquisado a noção de que esses óleos não são seguros, no entanto, não houve qualquer prova substancial para apoiar a reivindicação.

Enquanto estes óleos são muitas vezes utilizados em conjunto com o petróleo, os óleos orgânicos para o seu cabelo podem ser encontrados facilmente. As versões orgânicas destes óleos não contêm ingredientes que possam causar danos as suas tranças. Devido a isso, você não precisa ter medo em usá-los como remédios caseiros para combater o frizz ou outros danos ao cabelo.

Como sempre, simplesmente prestar atenção aos ingredientes.

Óleo mineral

O óleo mineral é um ingrediente popular encontrado em muitos produtos de cuidados pessoais e produtos cosméticos. É um ótimo lubrificante não-oleoso. Por ser um lubrificante, ele é óptimo para desembaraçar o cabelo encaracolado.

Ela funciona por estar na superfície de seu cabelo, formando uma barreira que protege a cutícula do cabelo. Isso cria uma aparência suave, ligeira e livre.

Além do agente de combate contra o frizz, o óleo mineral também tem sido comprovado para diminuir os danos causados ​​ao cabelo tratado com relaxantes químicos, tornando-o perfeito para aqueles em transição.

Para cabelos crespos, o óleo mineral é ótimo para formar e definir os seus cachos. O óleo atua como uma espécie de ímã para o cabelo, atraindo as fibras umas às outras. Em última instância, isso cria um aspecto mais definido.

Se você optar por usar óleo mineral, não se esqueça que você também tem que usar um shampoo sem sulfato.

Enquanto o óleo mineral pode oferecer uma série de grandes benefícios de menos frizz para cachos mais definido, muitas vezes pode criar um pouco de acúmulo. Portanto, é importante lavar o cabelo algumas vezes por semana, para livrar o cabelo do acúmulo de óleo e sujeira.

Óleo de coco

Durante milhares de anos, o óleo de coco foi utilizado em todo o mundo para o cuidado do cabelo. É mais conhecido por fornecer brilho e força, tornando-se extremamente popular para os entusiastas do cuidado de cabelo cacheado.

O Óleo de coco tem provado ser um grande leave-in condicionador para cabelos crespos, tranças especialmente o cabelo mais espesso. Além disso, mais o seu cabelo é crespo, mais óleo você pode usar! Isto é devido à textura que o cabelo encaracolado ou muito crespo tem. Os óleos produzidos naturalmente pelo couro cabeludo tem dificuldade de descer as todas as ondas do fio de cabelo, o uso de uma quantidade abundante de óleo de coco não vai tornar o cabelo gorduroso.

Aplicar o óleo no cabelo limpo e seco, esfregando-o no seu couro cabeludo e extremidades. Para aqueles com couro cabeludo seco, óleo de coco também pode hidratar o cabelo.

Em última instância, o óleo de coco evita a elevação da cutícula do cabelo, o que contribui a pouca definição dos cachos. Um estudo feito em 1999, descobriu que o óleo de coco é o único óleo conhecido por “reduzir a perda de proteína nos cabelos extremamente danificados quando utilizado como um produto pré-lavagem e pós-lavagem da preparação.”

Em comparação ao óleo mineral, óleo de coco é menos eficaz na prevenção de frizz. No entanto, o óleo de coco para o cabelo é ótimo para alguém que precisa de mais absorção, enquanto o óleo mineral é melhor para o exterior ou problemas de nível superficial do cabelo.

Qualquer que seja o óleo que você escolher, incluindo coco ou óleo mineral em sua rotina de cuidado do cabelo definitivamente enfeitar seus fios e mantê-los saudáveis ​​por mais tempo.

 

Receitas caseiras para hidratar os “cabelos” – Demary Fernandes

Deixe a preguiça de lado e recupere o brilho e a maciez dos fios em casa. Veja receitas simples, com ingredientes naturais, que podem ser feitas com praticidade no dia a dia:

Oleosos: Bata meio abacaxi com uma colher (de chá) de óleo de soja ou amendoim no liquidificador e depois aplique nas mechas de cabelos já umidecidas. O tempo de ação é de 20 minuto…s e a máscara deve ser feita uma vez por semana.

Normais: Meio mamão papaya e um copo de água (200 ml) batidos no liquidificador revitalizam os cabelos normais. Basta passar o creme nos fios molhados. Deixe por 20 minutos sob o efeito de uma touca térmica ou toalha morna. O ideal é repetir o tratamento uma vez por semana.

Secos: Bata meio abacate e uma clara de ovo no liquidificador e aplique sobre os cabelos molhados. A máscara deve ficar cerca de 20 minutos agindo nos fios. Touca térmica ou toalha morna ajudam a potencializar o efeito. Repita a hidratação uma vez por semana.

Crespos: Bata uma manga grande e uma clara de ovo no liquidificador. Aplique nos cabelos molhados e deixe agir por 20 minutos. Para fazer efeito o ideal é repetir a hidratação duas vezes durante a semana.

Com química: Prepare um chá de erva-cidreira bem concentrado e jogue nos cabelos durante o banho, após passar o xampu. Repita o tratamento duas vezes por semana.

Demary Fernandes

 

Como controlar o cabelo com o equilibrio de pH (potencial hidrogeniônico – indica acidez, neutralidade ou alcalinidade de uma solução aquosa)

TRADUÇÃO DA NARRAÇÃO DO VIDEO:
“Este vídeo explica como usar o equilíbrio de pH para controlar o cabelo. Como explicado em vídeos antigos, a agua pura tem um pH neutro de 7.0 (seria bom testar o pH da agua que usamos para lavar o cabelo). Eu faço questão de que todos os meus produtos tenham um pH entre 4.0 e 7.0.

Depois de lavar o cabelo, escolho uma de DUAS OPÇÕES:
1. A primeira opção é de aplicar um produto com um pH ácido para fechar as cutículas do meu cabelo e manter a hidratação dentro dos folículos. O meu cabelo reage e encaracola-se a um pH de 4.0 a 5.5. Se o seu cabelo tem um padrão de caracol similar ao meu, a aplicação de um produto acido ajuda a manter as pontas do cabelo saudáveis, mostrai uma comparação mais tarde no vídeo.
Em seguida, eu faço twists (“tranças de dois”) no meu cabelo, esses clipes coloridos que vêm são úteis para manter o twist apertado na base da raiz enquanto o cabelo seca e estão a venda na loja virtual www.luvnaturals.com . Quando este processo esta completo, os twists ficam arrumados, hidratados e requerem nada mais que uma toca de cetim.

pH 4.0-5.5 (acido para retenção de hidratação)
-o cabelo reage encaracolando-se e apertando-se
-o cabelo tem mais brilho e fica mais fofo
-os twists mantêm-se arrumados durante mais tempo.

Note como o cabelo tem mais elasticidade e este mais encaracolado.
Dependendo da condição e aparência do meu cabelo, posso voltar a molhar e fazer as mesmas tranças no meio da semana. Também tenho a opção de remover os twists para um estilo “twist-out“, assim como posso também armar os twists com rolos.

Quando o assunto é penteados, eu sou muito pratica. Planificar o meu penteado de acordo com o meu emprego, rotina de ginástica e vida de casa é muito importante para mim.

2. Agora vou mostrar-vos a segunda opção de o que posso fazer depois de lavar o cabelo. Esta opção é perfeita para quando eu quero um penteado mais cheio e esticado. Aqui vêm imagens de Agosto de 2009, quando a dois anos atrás, e depois estou eu outra vez em imagens da semana passada. Vou repetir a mesma técnica que usei em Agosto de 2009, usando glicerina vegetal e manteiga de karité. (Trançar depois de lavar, estica o cabelo). Na altura, eu sabia como esticar o cabelo, mas não entendia a ciência do assunto.
Agora já com dois anos de experiencia usando o equilíbrio de pH para controlar o meu cabelo, eu entendo como usar isso para o meu benefício. Veja o meu cabelo a esquerda, note que as pontas estão encaracoladas, o cabelo a direito esta mais espesso e espalha-se como uma escova.
Entendo como o pH funciona? Produtos ácidos encaracolam o cabelo e os produtos neutros não têm efeito nenhum e o meu cabelo mantém-se espesso. Esta e uma estratégia para poder usar um afro grande mas esticado, especialmente durante o Verão quando o tempo esta muito quente e húmido.
A propósito, o cabelo esticado é o cabelo já desembaraçado, não se consegue esticar bem o cabelo se não se desembaraça primeiro.
Como podem ver, desmanchei as tranças e estou a separar o cabelo gradualmente, vocês e que decidem quando parar de separar o cabelo quando atingirem o volume desejado.

pH 6.0-7.0 (neutro)
-cabelo é hidratado com água e selado com óleo
-o resultado é um cabelo que fica mais espesso com mais volume uma vez que as cutículas não estão fechadas

Mais uma vez, isso é o resultado de dois anos de experiencias. Antes de conhecer bem o meu cabelo, eu passei 12 anos com resultados imprevisíveis, agora posso planear a minha semana inteira, moda e eventos usando o meu conhecimento de equilíbrio de pH.

Todos os instrumentos usados nesse vídeo podem ser adquiridos na www.luvnaturals.com . Se quiser dicas para gerir o cabelo durante o Verão clique no vídeo da esquerda, e para aprender a usar as tiras para testar o equilíbrio de pH clique no vídeo da direita.

 

O que fazer com o Cabelo Natural – Algumas dicas

Interessante que encontrei um livro (Andre Talks Hair; a Amazon.com tem o livro) que já tenho a mais de 15 anos… Comprei-o quando começei a desfrisar o cabelo e ontem estive a ver se havia algo para nós NATURAIS e claro que ele tem. O Andre tratava de todos os tipos de cabelo e, na altura em que escreveu, tratava do cabelo da Oprah Winfrey.

Nele encontrei dicas já mencionadas aqui á umas semanas quando o grupo tornou-se mais activo. Ele fala do “co-wash” (molhar e usar condicionador ou olho apenas), diz que devemos lavar com shampoo pelo menos uma vez por semana, mas de perferência duas. Aconselha ainda, como já sugerido várias vezes aqui no grupo, que molhemos o cabelo entre as lavagens com shampoo. Ele diz que ele mesmo faz.

Luziela De Jesus Gaspar-Martins disse: “manteiga de karite natural nao vais encontrar ca, mas eu estou a usar uma Mascara Capilar da KANECHOM de manteiga de Karite. Encontrei no Kero, e so custa se tanto 700Kz…”

Ana Dos Santos disse “o oleo de abacate é fixe tbm! manteiga de karité (shead butter, como disse a Marcela de Aguiar Cristovao)…”

Ana Turner-Kerr disse: “Para o couro cabeludo eu recomendo Mizani, to a usar um oleo super fixe ‘Mizani Comfiderm Scalp oil with jojoba seed avocado oil and rosemary extract’. Uso para massajar o couro cabeludo. Para o cabelo em si uso produtos brasileiros, o mais recente da Umidiliz ‘cera de abelha brilho molhado’ – umidifica, hidrate e reduz o volume reduzindo os cachos. O mercado de produtos para o cabelo natural brasileiro parece ser muito bom.”

Luziela De Jesus Gaspar-Martins disse: “O mercado de produtos naturais e mesmo muito variado mas prestem atencao a lista de ingredientes de todos os produtos que usam. Os ideais sao feitos principalmente de produtos organicos, e contem “agua” como ingrediente principal (ou seja o primeiro da lista). NAO usem produtos que tenham paraphin/mineral oil/liquidum como um dos primeiros 10 ingredientes na lista. Paraphin/mineral oil/liquidum e o inimigo numero UM do cabelo natural, promete hydratar mas simplesmente poe uma camada de oleo por cima do cabelo, que da brilho mas nao da nutricao nenhuma, e nao deixa a agua penetrar, hydratante principal para o cabelo natural.

Se nao encontrares produtos no mercado que nao contenham paraphin/mineral oil/liquidum, opta por oleos organicos como o azeite (ca esta ele outravez), oleo de amendoa doce, oleo de coco, e molha o cabelo pelo menos uma vez por dia, para alem de refrescar, faz bem! O cabelo natural nao e como o cabelo desfrizado, que se molha, estraga lol.”

Tchinessole Pinto De Andrade disse: “Eu SO uso Acqueous Cream. As farmacias tem, eu achava que era so para pelo mas desde que um trichologista disse-me que e a melhor coisa para os nossos cabelos nunca mais olei para traz. E o maximo meninas, recomendo 100%.”- Ele seguiu dizendo, “Ah esqueci-me: Eu uso um da Belgravia Hair Centre em Londres http://www.belgraviacentre.com (eles mandam o produto para qualquer parte do mundo, basta ter cartao de credito). Mas, qualquer boa farmacia deve ter um, ha varias marcas. Ums sao melhores que outros depende de cada pessoa. Meus favoritos ate agora: Belgravia e Sainbury’s own brand. Boa sorte meninas!!!!! Qualquer duvida sobre o que realmente como negros devemos fazer aos nossos cabelos mandem um email para os tricologistas deste centro. ha muitosmitos por ai sobre os nossos cabelos etc, mas o que aprendi neste ultimos anos e que a industria de productos “negros” e uma industria como outra qualquer, mais lucrativa infact do que muitas outras. Nao sejamos vitimas deles. BOM FIM DE SEMANA a todas, many blessings”

Para um corte bem feito aos nossos afros, escolha de preferência um barbeiro que recebe clientele com algum cabelo. Não se sentem na cadeira de alguém que sóesteja acostumado a rapar- lol. Façam alguma pesquisa pelas cidades aonde vivem. Caso não encontrem, as meninas aqui sugeriram fazer várias tranças e depois cortar as pontas, um bocade de casa vez.

A conclusão que cheguei é que cada um dos nossos cabelos é diferente e temos é de encontrar o que funciona para nós. No entanto, alguns dos produtos mencionados podem ajudar a maioria aqui no grupo. O resto vamos aprendendo umas com as outras…

(Autoria: Lwsinha MC)

 
 
Follow

Get every new post delivered to your Inbox.

Join 85 other followers