Testemunho Natural – Ana Fernandes

by angolanasnaturais2011

1) Há quanto tempo estás natural, quando foi o teu BC, ou durante quanto tempo transicionaste?

 

Estou natural há quatro meses. Fiz o meu Big Chop em Dezembro de 2011 e não passei por nenhum período de transição. Uma vez que a minha textura natural é bastante diferente da do cabelo desfrisado, achei que a melhor solução para mim seria o corte radical.

 

2)     Como descreverias a textura do teu cabelo?

 

Considero o meu cabelo no grupo dos cabelos mais crespos, isto é 4C, de acordo com calssificação de Andre Walker, dos Estados Unidos. Preciso de o ter sempre hidratado para fugir da sensação áspera ao toque. Mas quando bem cuidado, com os produtos certos, ele fica com um brilho natural, muito fofo e agradável ao toque.

 

3)     Quais são os produtos que usas na manutenção do teu cabelo?

 

Após as lavagens uso manteiga de Karité. De seguida passo um óleo natural que pode ser de côco, jojoba, de amêndoas, rícino ou quando não tenho mais nada, azeite doce extra-virgem (só evito o azeite por causa do cheiro que é muito forte. Mas é um óptimo hidratante). Quando quero pentear o cabelo seco, borrifo-o com água misturada com os óleos que mencionei acima e glicerina.

 

4)     Quais são os teus penteados favoritos?

 

De momento não tenho muita escolha porque o tamanho ainda é curto. Confesso que prefiro cabelos mais longos. Quando isso acontecer, irei abusar dos “twist outs” (efeito ondulado provocado pelo desfazer duma espécie de tranças com duas pontas).

Mas por enquanto prefiro usá-lo simples, sem nada ou de vez em quando, uma fita/bandolete.

 

5)     Qual é a tua rotina de manutencção do cabelo?

 

Enquanto ele está curto como está, lavo-o de duas a três vezes por semana somente com amaciador (Co-wash) para evitar que os detergentes do champô o ressequem. Contudo, ao fim de um mês sinto necessidade de usar champô para uma limpeza mais profunda. Pretendo adquirir champôs sem esses detergentes logo que possa.

Já consigo fazer tranças, por isso de vez em quando tranço o cabelo antes de me deitar para no dia seguinte poder manuseá-lo com mais facilidade.

 

6)     Quais são os teus objectivos para o cabelo?

 

Pretendo que ele cresça o máximo possível na sua forma natural. Para isso vou estar atenta às suas necessidades de hidratação. Tenho pesquisado formas de o fazer mais profundamente, nomeadamente, através de hidratações de óleo quente e vaporizações. Vou também ter cuidado em cortar as pontas sempre que necessário para evitar quebras.

 

7)     Como mantens o cabelo intacto durante a noite?

 

A melhor forma que tenho disponível de momento de o proteger é borrifando-o com o meu preparado de água e óleos e fazendo trancinhas antes de me deitar. Tenho conhecimento que para que o cabelo não perca hidratação deveremos dormir com um lenço de seda ou cetim, que ainda não tenho. Mas é algo que pretendo adquirir para ajudar a protegê-lo ainda mais.

 

8) Da uma razão pela qual usas e adoras o cabelo natural.

Além do facto do cabelo natural ser esplendoroso, cheio de atitude e personalidade e de deixar qualquer um impressionado quando bem cuidado? Tenho várias razões…mas uma delas descobri recentemente. As pessoas, ao verem-me com o cabelo assim por opção, dizem que eu devo estar muito bem comigo mesma, que não tenho problemas de auto-estima nem de me aceitar como sou.