Testemunho Natural – Ana Lwena Pegado

by angolanasnaturais2011

1) Há quanto tempo estás natural, quando foi o teu BC, ou durante quanto tempo transicionaste?
Estou natural pela segunda vez. A primeira foi a uns seis anos atras na altura q estive gravida. Não fiz o BC, fui fazendo trancas corridas no inicio (e cortando as pontas) e quando ganhei um bom cumprimento fui fazendo os twists. Primeiro fiz twists com cabelo postiço e eventualmente ganhei cumprimento suficiente para fazer com o meu cabelo. O meu cabelo cresceu muito (abaixo dos ombros)…a gravidez ajudou muito😉. Um belo dia tive um casamento, fui ao salão procurar inspiração e convenceram-me a aplicar Afro no meu cabelo. AFRO FOI A PIOR COISA Q FIZ AO MEU CABELO! De inicio o cabelo ficou lindo, mas rapidamente começou a partir de tão seco ficou com os produtos. Cortei tudo e usei um corte curto (desfrisado) por algum tempo.
Fins de 2011 declarei independência mais uma vez e decidi voltar ao natural. Hoje em dia, ao contrario de a 6 anos atras, é bem mais fácil encontrar informação na net. Sinto-me mais segura ao tratar do meu cabelo e difícilmente serei convencida por um desses salões a fritar a minha carapinha de novo. Juntei-me as Angolanas Naturais nos primeiros tempos da existência do grupo e encontrei uma grande força e inspiração nas naturebas.

 2) Como descreverias a textura do teu cabelo?
Não domino os termos técnicos, mas diria q o meu cabelo tem 3 texturas. É mais ‘carapinha’ atras, os twists são mais bonitos atras, em frente mais liso, tenho mais problemas de pontas, e nas outras áreas da cabeça uma mistura.

3) Quais são os produtos que usas na manutenção do teu cabelo?
Ainda não domino ‘co-washing’, optando pela maneira tradicional de lavar o cabelo. Por falta de tempo e uma dose de preguiça ainda não fui a caça pelo champô e massagem sem aqueles químicos q secam o cabelo. Tbm n gosto de ficar dependente de produtos q hoje tem, amanha não, tem q ir até a cidade (vivo no BF)…na vida louca q vivemos em Luanda procuro facilitar as coisas. Sendo assim hoje uso Garnier Ultra Suave Shampoo – Óleo de Abacate e manteiga de karite’ e a ‘mascara nutrição intensa’ da mesma marca e tbm óleo de abacate e karite (disponível no Kero, Poupa La, etc.) No fim de semana passado adicionei azeite um pouco aquecido para fazer uma hidratação mais profunda. Para fazer os meus twists usava muito ‘Miss Jessie’s Curly Pudding ou Stretch Silkening Cream’, adicionando um pouco de alguma pomada gordurenta para não secar muito. Depois de muito tempo a fazer isso decidi trocar a pomada por azeite e vi imediatamente uma mudança na textura do cabelo; depois de desfazer os twists achei-o mais macio. A semana passada cortei o creme da Miss Jessie’s e fiz os twists só com azeite virgem…veremos os resultados.


4) Quais são os teus penteados favoritos?

Twists, twists, twists! Quanto menos tensão no cabelo, melhor.

5) Qual é a tua rotina de manutencção do cabelo?

Faço twists ao fim de semana, mantenho durante a semana, aplicando um pouco de azeite pelo meio, e retomo de novo o ciclo.

6) Quais são os teus objectivos para o cabelo?

Deixa-lo crescer…de momento não tenho grandes planos.

7) Como mantens o cabelo intacto durante a noite?

De noite faço uns 6 twists gordos (juntando os twists mais finos) e coloco um lenço.

8) Da uma razão pela qual usas e adoras o cabelo natural.
Cabelo natural é 100% eu, como vim ao mundo…não tem como discutir😉

Na verdade a viagem natural muda constantemente e aprendo coisas novas semanalmente. O mais importante é a sensação de liberdade e o domínio q vou ganhando diariamente. Tento ensinar as mesmas coisas a minha filha, sobrinhas, primas e amigas.
É um prazer ser uma natureba e assistir a mudança nas atitudes dos Luandenses perante as carapinhas que vão surgindo cada vez mais nas salas de reuniões das empresas mais conservadoras da nossa cidade!
photo (1)