Angolanas Naturais e Amigos

A casa da carapinha Angolana

Para a Kindumba e não só – Deborah Cardoso Ribas

Sabão Preto

1. Pode ser usado no corpo todo (incluindo no cabelo);

* Para a pele:

2. Ajuda a remover as cicatrizes/manchas da pele provocadas pelo acne e auxilia na prevenção de irritações;

3. É apropriado para todos os tipos de pele;

4. Limpa a pele e hidrata-a tornando-a macia e suave;

5. Também pode ser utilizado para remover maquiagem;

* Para o cabelo:

6. Torna o cabelo liso e sedoso;

7. Auxilia no tratamento (e prevenção) da caspa;

* Recomendações:

8. Antes de aplicá-lo na face teste-o no interior do cotovelo para garantir que não é alérgica;

9. Use-o duas vezes ao dia (de manhã e à noite) se tiver muitas borbulhas, se não for o caso uma vez por dia (à noite) é suficiente;

10. Não é aconselhável aplicá-lo directamente na pele, deve ser aplicado com uma esponja no corpo ou aplicar nas mãos e após esfregar passar na face e no cabelo;

11. Durante as primeiras aplicações, quando aplicado na face, pode trazer a sensação de picadas devido às suas propriedades desinfectantes, o que deverá diminuir à medida que a pele se habitua ao produto;

12. Para utilizá-lo no estado líquido, baste moer ou ralar e depositar num recipiente com a mesma quantidade de água, agitar e aguardar cerca de 24 a 48 horas até que a mistura se torne homogénea.

Manteiga de Karité:

1. Pode ser utilizado em todo o corpo, incluindo a face e o cabelo;

*Para o cabelo:

2. Protege o cabelo dos raios solares, do vento, das mudanças bruscas de tempertatura, do sal da água salgada e do cloro das piscinas;

3. Regenera, hidrata, fortalece e suaviza o cabelo, estimula o crescimento, restaura a elasticidade, reduz o frizz e hidrata as pontas;

*Para a pele:

4. Não irrita a pele, sendo ideal para peles sensíveis;

5. Hidrata e regenera a pele;

6. Pode ser utilizada no tratamento de queimaduras, feridas, estrias, acne, alergias, picadas de insectos e cicatrizes;

7. Protege as peles mais frágeis e delicadas (como a dos bebés), protegendo das irritações causadas pela fralda (assaduras) e pelas mudanças de temperatura;

*Aplicações:

8. Pode ser aplicado como máscara hidratante: massagear no cabelo e envolver com uma toalha quente durante 15 minutos, depois retirar;

9. Massageie no coro cabeludo para tratar de problemas como caspa e impulsionar o crescimento, deixe durante 5 minutos lave-o;

10. Derreta a manteiga em banho-maria e aplique no cabelo e  no couro cabeludo depois de aplicar o champô, enrole o cabelo numa toalha quente e deixe durante 30 minutos antes de continuar a lavar;

11. Lave o cabelo normalmente e após enxaguar, divida o cabelo em 6 partes iguais (3 de cada lado) e da nuca para a testa hidrate o cabelo com a manteiga, fique com ela até ao dia seguinte e lave o couro cabeludo de manhã;

12. Para hidratar o cabelo: 1 caneca de manteiga de karité derretida, meia caneca de óleo de côco extra virgem, 6 colheres de sopa de azeita e 6 de óleo essencial (facultativo), misture tudo e deixe num sítio fresco até solidificar (de preferência aplique-o com no cabelo molhado)

Advertisements

Testemunho Natural – Nicha Aragao

Eu chamo-me Licinia Aragao (Nicha)  faco parte do grupo angolanas naturais no Facebook e aqui vai o meu testemunho sobre a minha carapinha natural

Estou com o cabelo natural desde o Fevereiro do ano passado (2012). O meu “

big cut” (grande corte) foi logo no inicio, porque eu amo cortes de todo tipo especialmente os bem curtinhos, entao pedi a minha mae que me fizesse um corte razinho pos eu queria deixar tambem o meu cabelo crescer natural. E apartir dai fui deixando crescer para depois pintar e fazer outro corte que eu gostasse na altura ou umas trancas com postico durante umas semanas para variar.

Os produtos que mais uso sao os champoo e massagens mais naturais possiveis como :

Organics olive oil (champoo e condicionador)
Spanish Garden original cocoa butter & shea butter (champoo e cond)
Hair on one 3 em 1 com cocoa butter (champoo e cond)
Marc anthony (amarelo) strictly curls (champoo e cond)
Cachp dourado (champoo e cond)
Pink revitalex (champoo e cond)
Hair one tee trea (champoo e cond)
Elvive da l’oreal caracois colagenio ( champoo e cond)

Tambem uso cremes e oleos para hidratar o cabelo no dia dia de preferencia naturais como:

Oleo e creme de coco, cremes com shea butter e cenoura
Shea butter organics
Olive oil virgin
Oleo argan
oleo de amendoas doces
Motions moisturizer

Os meus penteados favoritos sao:

Carrapitos
Trancas de mao/ Viradas
viradas com feitios diferentes com o sem postico
twists-off
Roll e tuck in

E gosto de experimentar outros que vejo .

A minha rotina de manutencao normalmente e fazer mascaras duas vezes por semana com:

Mel + yogurt natural + uma mascara normal por exemplo da elvive colagenio
Mel + carrot oil e shea butter
Abacate e mel
Quando tenho o cabelo pintado faco mascaras de canela, azeite doce e mel

As vezes invento uma miscelania do que tiver disponivel

Os meus obectivos para o cabelo neste momento e deixa-lo crescer saudavel mas e um pouco dificil de cumprir porque gosto muito de cortes .

A noite eu ponho um root estimulator and vitamins da Soft Wave na raiz do cabelo e coconot oil no cabelo  e faco umas viradas ou uns carrapitos soltinhos para dormir e ponho uma toca daquelas feitas com meia de vidro hehehehehe.

A razao por ter o meu cabelo natural e que eu gosto do meu cabelo natural ele e bem encaracolado quando esta molhado e quando eu penteio o cabelo  ele fica bem flexivel para eu fazer o que quero.
Eu gosto do facto que posso fazer varios penteados sem alterar a concistencia do meu cabelo e te-lo sempre saudavel e original.
Outra razao e que eu adoro trancas sejam elas de mao, viradas, bailundas com o sem postico eu apenas gosto da variedade de trancas que posso fazer.

Obrigada por criarem esse grupo eu aprendo sempre penteados novos e gosto do facto de ter muitas outras mulheres que tambem assumiram e amam as suas carapinhas e conversar com voces.

Um abracao bem natural

20121212_111809IMG_2261

 

 

Socorro! O meu cabelo parou de crescer! Ou é só impressão minha? – Luziela

Graças ás “Divindades da Kindumba”, já não me passa essa ideia pela cabeça, mas já tive a impressão de que o meu cabelo tinha parado de crescer sim. Mas não deixa de ser só isso: impressão.

Primeiro, o cabelo, de uma pessoa saudável, cresce em media 1,25cm por mês, portanto o primeiro passo no processo de aceitação do desenvolvimento, ou falta de desenvolvimento, do cabelo é saber que ele não vai crescer do pescoço a cintura nem em um mês, nem e um ano… Vamos lá ser sincer@s…

Segundo, ha certas coisas que nos fizemos ao nosso cabelo, por falta de informação ou por falta de paciência,  convencid@s de estamos a fazer o que devemos, que precipitam esta impressão de que o nosso cabelo não esta a crescer, nomeadamente:

  1. Falta de hidratação regular do cabelo
    A manteiga de karité e os oleos sao muito bons mas eles não fazem nada se o cabelo estiver seco. E preciso hidratar o cabelo antes de mais, com um creme a base de agua, ou com pura e simplesmente agua… Duh!!…
  2. Lavagem do cabelo 
    Esqueçam aquela ideia transmitida pelas publicidades da Herbal Essences, e outros shampoos… Sabem, aquela imagem de por o shampoo no cabelo e esfregar ele todo, sem separar em secções e lavar cuidadosamente cada secção. O efeito publicidade cria nós no cabelo, e em seguida o processo de “desembaraçamento” parte o cabelo… Estão a ver a coisa não…?
  3. Pentear o cabelo seco
    NAO penteiem o cabelo seco! Mais não digo!
  4. Uso e abuso do calor
    Secadores, Brushing, Chapinha, Pente quente, etc… Sem protectores de calor no cabelo e em abuso, traduz desgraça… Melhor evitar. Uma ou duas vezes, feito com cuidado, talvez possa servir para uma mudança de visual temporária. Mas se têm o cabelo crespo, não continuem na busca dele liso através do uso de aparelhos a base de calor, a longo prazo os danos são irreversíveis.

As varias caras do meu cabelo seco:

558052_10100347114951555_820499491_n 406587_10100267339572055_1890031330_n 316519_10100246890172815_327780650_n

Ele hidratado:
168808_10100363039488655_1438816582_n 300104_259508910733467_4408385_n 537188_10100355056756115_2010647475_n

Esta coisa de ter o cabelo natural é todo um processo de tentativas, fracassos e sucessos. Na altura em que achava que o meu cabelo tinha parado de crescer, a única coisa que precisava era rever a forma que tratava do cabelo: deixei de usar shampoo (porque secada demais o cabelo), cortei pontas, e retomei a minha rotina de manipulação mínima (só penteio nos dias em que lavo, ou seja uma vez todas as duas semanas) e hidratação diária (borrifo todas as noites e ponho óleo).

Ha coisas que quando digo, pareço mais um disco riscado, mas não dói repetir:

“PRESTEM ATENÇÃO AO VOSSO CABELO, E TIREM O TEMPO DE OUVIR O QUE ELE TEM A VOS DIZER”

Fonte: http://blackgirllonghair.com/2012/04/4-mistakes-that-will-keep-your-hair-stuck-at-the-same-length/

Testemunho Natural – Bruna Patricia

1) Há quanto tempo estás natural, quando foi o teu BC, ou durante quanto tempo transicionaste?
Tou natural a  7 meses.. fiz o BC qdo resolvi ser natural.. Em Setembro de 2012. Nao fkei em transição.

2) Como descreverias a textura do teu cabelo?
Meu cabelo era tipo palha de aço, mas com as hidratações constantes e nutrições. parece esponja..
(ta bem fofinho). Meu cabelo ‘e 4C

3) Quais são os produtos que usas na manutenção do teu cabelo?
Uso champo e condicionador pra cabelo crespo e encaracolado da Natura (sem sulfato), Garnier, Tchinc e Skala(meu anti residuos sem sal). Oleo de coco, azeite doce, ricinio, amendoa, leave-in da Organic(oleo de melaleuca) ,mel, abacate, iogurte, leite de coco, ovo, aloevera e mta agua…

4) Quais são os teus penteados favoritos?
Twistes, coils (“dedoliss”), carrapitos e o meu BlackPower ao vento.. 🙂

5)     Qual é a tua rotina de manutenção do cabelo?
Hidratação 2 a 3 vezes por semana.. Cm humetacao a sexta feira e no final do mês reconstituição.. E agua cm a mistura de oleos pa dar brilho e manter o cabelo obediente.

6) Quais são os teus objectivos para o cabelo?
Quero ele longo(hihihi)… saudável, uma Juba cheiissima e sedosa. 🙂

7) Como mantens o cabelo intacto durante a noite?
Durmo com lenço de seda (da mha mãe) .. E durante a humectacao tranço ou faço carapitos..

8) Da uma razão pela qual usas e adoras o cabelo natural.
Gosto de tratar dele (meu novo passatempo). Para falar a verdade descobri um amor por ele, depois k o estraguei cm as pinturas, apliques e desfrisos constantes. Resolvi lhe manter do jeito k ele ‘e e aprender a deixa-lo apresentável. Sem contar k me sentia uma estranha no meu próprio continente(resolvi resgatar um pouco da minha cultura)…

Fotografia1025

Transição ou Grande Corte? – Luziela

912936_10151447633892613_1751017584_n

Para a maioria das mulheres negras que durante muito, ou pouco tempo, usaram o cabelo desfrisado (com produtos químicos ou com pentes quentes), o grande desafio ao voltar a usar o cabelo natural é escolher se devem “transicionar” ou fazer o “grande corte”.

Em termos tecnico-capilares (inventei isso agora kkkkk), a “transição refere-se ao processo de manter as pontas desfrisadas/lisas, e cortando-as gradualmente enquanto a raiz natural cresce. Este processo é complicado, porque é um desafio enorme lidar com as duas texturas ao mesmo tempo, mas com paciência, é sim possível.
Por outro lado, a única alternativa à transição é o Grande Corte (e também a opção que eu pessoalmente prefiro), em que todas as pontas lisas são cortadas por completo, deixando a raiz natural, dependendo do comprimento da mesma. Acho que é a melhor forma para uma mulher, desabituada a sua textura natural, de re-aprender a lidar com o seu cabelo.

480195_10200507680911687_1093755541_n 541871_440419199383728_514392138_n

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Porem, por falta de habito ao cabelo natural, muitas mulheres interessadas em deixar os desfrises não estão preparadas a enfrentar as consequências de uma mudança drástica de visual. Para estas mulheres, gostaríamos de transmitir a seguinte verdade, nua e crua:

[…] Pessoalmente não creio que devo aqui expor minha própria experiência com o cabelo natural… […] Apesar de reconhecer e respeitar a especificidade da mulher no que tange o cabelo, em especial numa sociedade que vem cada vez mais ressaltar que o belo em uma mulher é ter um cabelo com seus fios longos, mas a verdade é que A CENA AQUI É “MBORA” SOBRE A TAL DE TRANSIÇÃO – Vira e mexa a porquê “Estou em transição a X meses a Y anos” afff de afff…. ou melhor Mbandario de Mbandario…

A definição de “TRANSIÇÃO” refere-se ao início de conversa, e não é capilar, mas sim da pessoa do sujeito que está em luta consigo mesmo a tentar olhar no espelho e se reconhecer…

Do sujeito que está a apreender a tocar e a conhecer a textura de seu fio natural… Em luta por aceitar e reconhecer nele apenas um cabelo nem bonito nem feio, mas simplesmente cabelo…

Pessoalmente, a tal de transição e todos argumentos em torno dela é pura besteira… Pra mim é como qualquer outro processo de conversão psíquica igual a todas as dependências psíquicas, que a pessoa possui em relação a algo ou a um ideal de “Eu/Ego”, determinado e definido como o normal… Logo para eu o jargão transição capilar de um cabelo já em si morto para um cabelo vivo, por enquanto não é possível como não é possível ressuscitar alguém, ou ainda fazer vida onde não existe possibilidade de vida… Diria que o tal discurso de transição é uma versão tola de uma criação de um FRANKENSTEIN AFRO CAPILAR… Desse modo, acredito que se isso fosse possível alguém já estaria muito mais muito cheio dos jabacouler (dinheiro)…

Portanto, a transição é de sua pessoa e não do seu cabelo, como se fosse uma entidade a parte… Que demandasse um cuidar a parte… Todo um jargão “cartesiano”, comercial um engodo cru… Que vende uma ideia que a tal FRANKENSTEIN seguirá por determinadas etapas de regressão… Saindo do alisado, para o parmanente afro( ou relaxamento afro como se o cabelo crespo fosse estressado), daí para os cachos até passar por aqueles todos tipos de cabelo 1, 2, 3, 4 (as, bas, cs sei lá mais o kié)… Culminando no crespo este que na verdade todo mundo foge e corre como se tratasse do capeta!!!


Prostituto Kognitivo

Opinião de homem que não entende? Talvez, mas eu, como mulher negra, que ja desfrisou o cabelo durante muito tempo, e que não transicionou, e disse basta ao químicos e alisamentos duas vezes na vida, acredito que o processo de transição capilar é de facto um bocado ridículo. O objectivo aqui não é discriminar quem desfrisa, ou quem volta a desfrisar, e também não é oprimir ou obrigar as pessoas a cortar o cabelo, muito pelo contrario.

Primeiro, tendo em conta o facto de existirem tantas opções, este texto vem reafirmar a opção do natural como valida, e “desmistificar” a opção do grande corte, eliminando a noção de que mulher com o cabelo curto, e “ainda por cima!!” crespo, é feia.

Segundo, este texto vem enfatizar a importância da transição pessoal, emocional e mental da mulher que quer ser natural. Hoje em dia, o cabelo natural carrega sim um peso político, porque quem é natural, da nas vistas de quem não é, e não só porque ha quem acha que é um estilo “desarrumado”, mas porque o cabelo natural carrega consigo símbolos que representam noções de liberdade convicta que incomodam a ordem que as sociedades vêm como “normal”. Para muitos naturais, usar o cabelo como ele cresce do couro cabeludo tem como objectivo justamente isso: reafirmar a sua identidade, mesmo quando ela quebra normas.

Verdade, nao deixa de ser uma opção, mas é uma opção que não deve ser subestimada ou manipulada, e com a qual não se deve brincar. Ja disse, e vou repetir:

“SAIBAM PORQUE USAM OU QUEREM USAR O VOSSO CABELO NO SEU ESTADO NATURAL”

Testemunho Natural – Ana Lwena Pegado

1) Há quanto tempo estás natural, quando foi o teu BC, ou durante quanto tempo transicionaste?
Estou natural pela segunda vez. A primeira foi a uns seis anos atras na altura q estive gravida. Não fiz o BC, fui fazendo trancas corridas no inicio (e cortando as pontas) e quando ganhei um bom cumprimento fui fazendo os twists. Primeiro fiz twists com cabelo postiço e eventualmente ganhei cumprimento suficiente para fazer com o meu cabelo. O meu cabelo cresceu muito (abaixo dos ombros)…a gravidez ajudou muito ;-). Um belo dia tive um casamento, fui ao salão procurar inspiração e convenceram-me a aplicar Afro no meu cabelo. AFRO FOI A PIOR COISA Q FIZ AO MEU CABELO! De inicio o cabelo ficou lindo, mas rapidamente começou a partir de tão seco ficou com os produtos. Cortei tudo e usei um corte curto (desfrisado) por algum tempo.
Fins de 2011 declarei independência mais uma vez e decidi voltar ao natural. Hoje em dia, ao contrario de a 6 anos atras, é bem mais fácil encontrar informação na net. Sinto-me mais segura ao tratar do meu cabelo e difícilmente serei convencida por um desses salões a fritar a minha carapinha de novo. Juntei-me as Angolanas Naturais nos primeiros tempos da existência do grupo e encontrei uma grande força e inspiração nas naturebas.

 2) Como descreverias a textura do teu cabelo?
Não domino os termos técnicos, mas diria q o meu cabelo tem 3 texturas. É mais ‘carapinha’ atras, os twists são mais bonitos atras, em frente mais liso, tenho mais problemas de pontas, e nas outras áreas da cabeça uma mistura.

3) Quais são os produtos que usas na manutenção do teu cabelo?
Ainda não domino ‘co-washing’, optando pela maneira tradicional de lavar o cabelo. Por falta de tempo e uma dose de preguiça ainda não fui a caça pelo champô e massagem sem aqueles químicos q secam o cabelo. Tbm n gosto de ficar dependente de produtos q hoje tem, amanha não, tem q ir até a cidade (vivo no BF)…na vida louca q vivemos em Luanda procuro facilitar as coisas. Sendo assim hoje uso Garnier Ultra Suave Shampoo – Óleo de Abacate e manteiga de karite’ e a ‘mascara nutrição intensa’ da mesma marca e tbm óleo de abacate e karite (disponível no Kero, Poupa La, etc.) No fim de semana passado adicionei azeite um pouco aquecido para fazer uma hidratação mais profunda. Para fazer os meus twists usava muito ‘Miss Jessie’s Curly Pudding ou Stretch Silkening Cream’, adicionando um pouco de alguma pomada gordurenta para não secar muito. Depois de muito tempo a fazer isso decidi trocar a pomada por azeite e vi imediatamente uma mudança na textura do cabelo; depois de desfazer os twists achei-o mais macio. A semana passada cortei o creme da Miss Jessie’s e fiz os twists só com azeite virgem…veremos os resultados.


4) Quais são os teus penteados favoritos?

Twists, twists, twists! Quanto menos tensão no cabelo, melhor.

5) Qual é a tua rotina de manutencção do cabelo?

Faço twists ao fim de semana, mantenho durante a semana, aplicando um pouco de azeite pelo meio, e retomo de novo o ciclo.

6) Quais são os teus objectivos para o cabelo?

Deixa-lo crescer…de momento não tenho grandes planos.

7) Como mantens o cabelo intacto durante a noite?

De noite faço uns 6 twists gordos (juntando os twists mais finos) e coloco um lenço.

8) Da uma razão pela qual usas e adoras o cabelo natural.
Cabelo natural é 100% eu, como vim ao mundo…não tem como discutir 😉

Na verdade a viagem natural muda constantemente e aprendo coisas novas semanalmente. O mais importante é a sensação de liberdade e o domínio q vou ganhando diariamente. Tento ensinar as mesmas coisas a minha filha, sobrinhas, primas e amigas.
É um prazer ser uma natureba e assistir a mudança nas atitudes dos Luandenses perante as carapinhas que vão surgindo cada vez mais nas salas de reuniões das empresas mais conservadoras da nossa cidade!
photo (1)

Testemunho Natural – Janice Pedro

1) Há quanto tempo estás natural, quando foi o teu BC, ou durante quanto tempo transicionaste?
I have been fully Natural for 1 year and 3 months. I started transitionning in January 2011 and I big chopped in February 2012. (Estou natural a 1 ano e 3 meses. Comecei a transicao em Janeiro de 2011, e fiz o grande corde em Fevereiro de 2012)
2) Como descreverias a textura do teu cabelo?
My hair is fine, with medium density. I have a very weak hairline, not because I am not gentle to it but because it runs in my dad’s side of the family. To be honest I went natural wishing that the situation would reverse, which did not happen entirely. I can say that my hairline has improved a lot for the past 6 months, when i decided to apply castor oil every single day on it. My hair is a combination of 4b/4c. (O meu cabelo e fino, com densidade media. O meu cabelo afrente e muito fraco, nao porque nao tenho tratado dele com carinho, mas porque e mesmo de familia, do lado do meu pai. Para ser sincera, decidi usar o cabelo natural porque quiz tentar reverter o facto de ter o cabelo de frente mto fraco, o que nao aconteceu por completo. Mas posso dizer que o meu cabelo de frente ja melhorou muito nos ultimos 6 meses, desde que decidi usar o oleo de ricino todos os dias. O meu cabelo e uma mistura de 4b e 4c)
3) Quais são os produtos que usas na manutenção do teu cabelo?
I try to keep it simple. I had to learn the hard way especially after returning back to Angola, where my favorite products are not available.
Oils: coconut oil, olive oil and palm oil. (Tento manter as coisas simples. Tive que aprender a mal, especialmente desde que voltei para Angola, aonde os meus produtos preferidos nao estao disponiveis. Oleos: oleo de coco, azeite e palma)
Conditioners: VO5 family, l’oreal and pantene (Amaciadores: Linha da VO5, l’Oreal e Pantene)
Shampoo: apple cider vinegar (Champo: Vinagre de Cidra de Maca)
I use tea, coffee, yogurt, and some many other items from my mother’s kitchen to treat my hair. (Uso cha, cafe, iogurte, e muitos mais outros itens da cozinha da minha mae para tratar do meu cabelo)
4) Quais são os teus penteados favoritos?
I love bantu knots and flat braids. I barely leave my hair out. It is so fine that I always tend to protect it with all my strength. (Gosto muito de carrapitos e trancas corridas. Quase nunca uso o meu cabelo solto. E tao fino que eu tenho a tendencia em protege-lo com todas as minhas forcas)
Fridays are usually when the world gets to see my hair free. Of course it will either be a bantu knots out, braid out or a puff. (As sextas feiras e que o mundo tem a oportunidade de ver o meu cabelo solto. Mas claro que vai sempre estar ou em carrapitos soltos, trancas soltas ou um puff)
5) Qual é a tua rotina de manutencção do cabelo?
I moisturize my hair daily twice: morning and before bed. (Eu hidrato o cabelo duas vezes por dia: demanha e antes de dormir)
Every Friday after work, I sleep with a concoction of oils, mixed with avocado, egg and honey.  I add up a conditioner to thicken it up. i will wash it off Saturday and put my hair back into protective styling. (Todas as sextas depois do trabalho, durmo com uma mistura de oleos, com abacate, ovo e mel no cabelo. As vezes adiciono um amaciador para engrossar a mistura. Lavo o cabelo aos sabados e depois faco um penteado protectivo)
6) Quais são os teus objectivos para o cabelo?
Health, I want my hair to be healthy and beautiful. Length is just a reward of Health, keep it healthy and you will see it grow. (Saude, eu quero que o meu cabelo seja saudavel e bonito. O comprimento e so um beneficio da saude, mantem o cabelo saudavel, e o veras crescer)
7) Como mantens o cabelo intacto durante a noite?
At night I use the LOC method to moisturize my hair and I sleep with a satin bonnet. (A noite eu uso o metodo LOC para hidratar e durmo com uma toca de cetim)
8) Da uma razão pela qual usas e adoras o cabelo natural.
I feel free and true to myself ! I love the versatility that my natural hair offers 🙂 ! (Sinto-me livre e verdadeira comigo propria! Amo a versatilidade que o meu cabelo natural oferece)
IMG_0068

Testemunho Natural – Lucy Van Dunem

1)      Há quanto tempo estás natural, quando foi o teu BC, ou durante quanto tempo transicionaste?

O meu big chop foi feito por motivos de saúde, o meu couro cabeludo estava todo danificado, foi então que no final de 2006 que o fiz… Não tive paciência para esperar que o meu cabelo crescesse, então fui radical com a vontade de mantê-lo natural, e deixar de usar produtos de desfriso porque ficava com inúmeras feridas na cabeça. A intenção inicial era usar a linha afro permanente porque era menos forte que os produtos que usava e assim domava o meu cabelo mais facilmente. Passado dois anos isso em 2008 o cabelo estava super desidratado e caía aos montes, então fiz novamente o big chop, decidi então usar uma linha de relaxante que não me vem o nome em mente, e aconteceu a mesmíssima coisa. Em 2011 fiz outro big chop. Desde então uso o meu cabelo totalmente natural, fiquei desiludida com os produtos alisantes e relaxantes e optei por não usar mais nenhum deles, não que não quisesse desde o início usá-lo natural, mas não conseguia com essa juba, era tão difícil domá-la e hoje ainda é, mas mais vale o sacrifício de domá-la do que sacrificar o meu couro cabeludo.

2)      Como descreverias a textura do teu cabelo?

O meu fio de cabelo é muito fino e fica com muito volume depois de lavado, e quando o penteio, parece algodão, faz muitos cachinhos e nunca consegue se manter esticado, encolhe-se logo ao passar o pente, por isso é difícil saber que tamanho atingiu, a menos que vá ao salão e estique com o secador. Diria que ele está no grupo 4A da classificação de tipos de cabelo.

3)      Quais são os produtos que usas na manutenção do teu cabelo?

Lavo o meu cabelo todos os dias com champô Herbal Essences, L’oreal, Oasis, Franck Provost, ou com sabonete, de seguida aplico o condicionador que também é dessas marcas que citei, e se não tiver creme de pentear deixo como está.

4)      Quais são os teus penteados favoritos?

Adoro fazer a crista, e também gosto de usar os turbantes, por acaso não tenho muitas opções, pois conheço poucos penteados.

5)      Qual é a tua rotina de manutenção do cabelo?

Normalmente lavo-o todos os dias com champô, tentei fazer o co-wash mas não tive sucesso, pelo problema q tenho no couro cabeludo tenho a necessidade de fazer uma limpeza profunda todos os dias. Não tinha rotina nenhuma para hidratação profunda, estou a passar por esse processo agora uma vez por semana, e só estou na primeira.

6)      Quais são os teus objectivos para o cabelo?

O meu objectivo maior é que ele esteja saudável e como sempre gostei, não abro mão do comprimento dele, gosto de cabelos longos.

7)      Como manténs o cabelo intacto durante a noite?

Quando me dá uso turbantes grandes, mas na maioria das vezes deixo-o cm está, sei que não é aconselhável dormir com o cabelo solto, mas como não penteio o cabelo todos os dias só uma a duas vezes por mês, para mim é chato ter que desembaraçar e trançar todas as noites. Faço as vezes mas com nenhuma frequência.

 

8)      Da uma razão pela qual usas e adoras o cabelo natural.

Porque é flexível, é expressivo, é livre, é poderoso, é iluminado, é fresco… é o que sinto, ele é amigo íntimo da minha personalidade, eles casam-se. Nunca me senti tão bem com o meu cabelo como me sinto agora. Pois é, para cada cabeça a sua coroa, dê a ela o que ela merece, não o que os outros acham que se adequa.

Lucy Van-Dúnem

Testemunho Natural – Luisa Maiela

1- Ha quanto tempo estas natural?
Estou natural há cinco meses. Não fiz big chop, mas tenho tanta vontade de cortá-lo. Só não corto pork vou casar, mas depois do casamento eu corto. A minha transição fez entre oito a nove meses.

2- Como descreves a textura do teu cabelo?
O meu cabelo é do tipo 4c.

3- Quais são os produtos que usas na manutençao do teu cabelo?
Ja usei dois champoo sem sal, agora estou a usar champoo de bebe (jonhson), usei uma máscara de hidratação da Elveve L´oreal, agora estou a mascara de hidratação manteiga de Karité, usei também o condicionador da Elveve L´oreal, agora uso um da organic e também uso o creme de pentear da organic. Usei também óleo de coco que fiz em casa, mas fico com preguisa de fazer novamente porque sai so um pouquinho de óleo, por isso procuro, mas não encontro tal como o óleo de rícino. Mas não tenho escolha desde que os produtos não tenham os ingredientes proibidos para o cabelo natural, eu uso.

4-Quais são os teus penteados favoritos?
Fazia muito bigodinho na minha transição. Agora faço muitos twist, twist out, ando com o meu cabelo solto, e ultimamente estou a fazer muitas tranças de linha.

5-Qual é a tua rotina de manutenção dos cabelos?
Faço hidratação uma vez por semana, burrifo muito o cabelo principalmente quando estou com twist e com o cabelo solto, creme de pentear e activador de cachos, e quando tenho óleo diariamente.

6- Quais são os teus objectivos para o cabelo?
É usá-lo sempre natural…

7- Como mantes o cabelo intacto durante a noite?
Aprendi que temos de dormir com com um lenço ou fronha de seda ou cetim, mas eu não consigo, durmo de qualquer forma, eu não sei dormir. Se eu dormiu com um lenço, no dia seguinte ele vai estar no chão, a almofada ídem. Por isso durmo de qualquer jeito.

8- Dá uma razão pela qual usas e adoras o cabelo natural?
Uso o cabelo natural porque, usei muito cabelo natural, desfrisei com 14 anos por influencia das amigas e familiares, mas depois foi só cabelo natural,  voltei depois a desfrisar com 18 anos.
Ser natural é sermos nós mesmos, é viver com a consciencia livre, é aumentar o amor próprio, é cuidar de um presente que Deus nos deu, e é mesmo muito prazeroso cuidar do nosso cabelo, eu amo o meu cabelo.

taty

Testemunho Natural – Angela Teixeira

1) Há quanto tempo estás natural, quando foi o teu BC, ou durante quanto tempo transicionaste?
Estou com o cabelo Natural ha 1ano e 10 meses. O primeiro grande corte foi em Junho de 2011, depois cortei mais umas 4 vezes…

2) Como descreverias a textura do teu cabelo?
Acho que e’ 4b, não entendo muito bem disso de texturas…

3) Quais são os produtos que usas na manutenção do teu cabelo?
Uso Shampoo da She Moisture, qd n tnho uso um qualquer diluido em água… condicionador, creme de pentear e de tratamento da mesma linha. Também uso tudo da linha Curls; abacate, mel e ovo para hidratar. Qto aos óleos uso os: de mompeque, coco, argã, oliva e castor oil.

4) Quais são os teus penteados favoritos?
Não tenho pk não sei fazer penteados em mim… :S

5) Qual é a tua rotina de manutenção do cabelo?
Humedeço o cabelo todos os dias e qd necessário passo o creme de pentear. Semanalmente hidrato, quinzenalmente ou 1x por mês(se necessário) faço humectação com algum óleo e nutro os fios.

6) Quais são os teus objectivos para o cabelo?
Manter os fios sempre lindos!

7) Como mantens o cabelo intacto durante a noite? 
Infelizmente não faço nada durante a noite pk ainda n tenho uma touca de cetim…

8) Da uma razão pela qual usas e adoras o cabelo natural.
Uso e amo o cabelo natural primeiro pk e’ MEU e tudo k está em mim e’ lindo!! E segundo pk e’ bem menos dispendioso $$ Por amor aos meus cabelos vou mante-lo assim para sempre! 🙂

WP_20130404_024